mello

jr.

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram

Desde a infância e adolescência Mello Jr demonstrava suas aptidões e seu dom musical
Muito aplicado e dedicado ao instrumento aos 17 anos decide encarar a música com mais seriedade e começa a  estudar com Mozart Mello. A imprensa especializada, em suas publicações, já começava a olhar aquele jovem talento como uma nova promessa da guitarra brasileira e algumas notas e críticas muito positivas, já traduziam o que viria na carreira do jovem músico. Ávido por novas descobertas Mello Jr se empenhava diariamente na busca pela sua própria maneira de tocar, fazendo com que ainda muito jovem, aos 19 anos, gravasse sua primeira vídeo aula- Técnica e Improvisação Rock. Sob os efeitos do respeito e da aceitação pelo público de seu primeiro trabalho, dois anos depois ele grava sua segunda vídeo aula - Rock Idéias. 
Em sua carreira solo grava dois CDs solo instrumentais Plugged(1997) e Confusions(2003), com participações de músicos brasileiros e americanos. Na cena instrumental , gravou trabalhos com Celso Pixinga (Baixo), Mauricio Leite (Bateria), Max Robert (Baixo). Fez abertura do show do famoso guitarrista Frank Gambale em São Paulo. Ao longo de sua carreira realizou mais de 400 workshops em diferentes lugares do país.
Como Sideman(músico acompanhante), integrou bandas de artistas como Wanessa Camargo, Zezé di Camargo e Luciano, Tony Tornado, Eduardo Araújo, Kell Smith, entre outros. Gravou o DVD “Transparente” da cantora Wanessa Camargo.
Como professor deu aula nas maiores escolas de São Paulo: EMT e Souza Lima. Participou das Oficinas de Música de Curitiba e Cascavel como professor de guitarra e prática de conjunto.
Durante esse anos, Mello foi Endorsee de várias marcas nacionais e internacionais, atualmente é endorsee Oneal, Tagima, Seymour Duncan, Dr Strings, Mooer e Capcase.
Como produtor escreveu um curso de produção musical lançado pela editora Eclipse nas bancas sob o título: "Como gravar seu primeiro CD" com tiragem de 30 mil exemplares. Onde explica de maneira simples todos os processos de pré produção, produção e pós produção de um CD.
No setor publicitário Mello tem gravado guitarra em diversos jingles para comerciais de empresas como: Hopy Hari, TVA, Duracell, Nossa Caixa, Hipermercados Big, Gilette, entre outros.
Em 2008 iniciou o projeto “Time Out”, um grupo com Felipe Andreoli do Angra no baixo e Maurício Leite na bateria. O CD e DVD possuia um conteúdo inédito com vídeo-aulas de guitarra, baixo e bateria, performance ao vivo e playalongs de três músicas.
Em 2015 com o Time Out lançou o segundo cd do grupo chamado “Number Two” com o renomado baixista Celso Pixinga agora fazendo parte do grupo.
Em 2017,  com o Time Out lança o DVD “ Ao vivo e de verdade em São Paulo”.
Também lança mais um novo disco instrumental com o pianista José Godoy e músicos americanos que se chama, Novos Ventos. Esse trabalho está disponível em todas redes de streaming.
Mello começa a acompanhar e fazer parte da banda da cantora Kell Smith, cantora da canção “Era uma vez” com mais de 100 milhões de visualizações no Youtube, considerada pela mídia uma das maiores revelações musicais de 2017.
Em 2019 toca na NAMM Show em Los Angeles, recebe um convite e ministra um masterclass sobre música brasileira para os alunos do curso de guitarra da Loyola Uiversity em New Orleans e participa do show de Kevin Gullage no templo do Blues, BB King’s Club em New Orleans. Também acompanhou o lendário baixista polonês Wojtek Pilichowsky em show em São Paulo.
Em 2020 inicia o lançamento do seu novo álbum Reflections com participações de grandes estrelas e alguns dos maiores músicos do mundo como Simon Phillips(Toto), Stuart Hamm (Joe Satriani, Steve Vai), Bruno Alves, Cuca Teixeira, Felipe Andreoli, Celso Pixinga, Wojtek Pilichowsky, Marcelo Mariano, Fernando Rosa entre outros. Esse disco está sendo lançado em vários singles.


Carreira internacional

Em 1997, após convite, passa uma temporada em New Orleans(USA), onde acompanha artistas como Davell Crawford , Gary Brown , Nu-beginnings , Joyful entre outros. Viaja então pelo país tocando em Memphis ,Miami  e Virgin Islands. 
Surge então oportunidade de tocar no Jazz Festival de New Orleans e também no Bluescruise Festival onde tocaram Bo Didley , Junior Wells e Ronnie Earl seu desempenho durante os festivais obteve grandes elogios. Participou de jams com músicos como Ronnie Earl ,Chris Severin (Diane Reeves ),Tony Hall e Raymond Weber (Harry Connick Jr ),Terence Higgins (John Scofield) entre outros.
Em 2005 realiza três Workshops na Guatemala na Casa Instrumental, um dos maiores distribuidores de instrumentos musicais do citado país.
Em 2006 faz turnê na África com a cantora Wanessa Camargo. 
Em 2007, realiza um workshop para a rede de lojas C&M Music Center em New Orleans, USA.
Em 2008 acompanhou a cantora americana Monet em turnê pelo Brasil.
Em 2009 acompanhou a cantora Carla Blackwell em turnê no Brasil.
Em 2010 acompanhou o vocalista do guitarrista Santana “Tony Lindsay” em turnê pelo Brasil
Em 2016, 2017 e 2018 realizou turnês como diretor musical de Gary Brown (lendário saxofonista de Nova Orleans) e novamente com Tony Lindsay e Monet (Lenny kravitz, Michael Mc Donald, Toto), essa que incluiu um show de encerramento no Bourbon Jazz Fest Paraty 2016.

 

Mello Jr - Críticas e Comentários

"Mello's CD is full of highly-charged and flowing guitar playing.He is a very serious talent and shows great maturity, plus he's a heck of a nice guy.Need I say more?" (Frank Gambale) 

"Unir virtuosismo e musicalidade não é tarefa para qualquer um. Essas duas qualidades parecem ser inseparáveis no caso de Mello Jr. Em seu segundo álbum solo, Confusions, ele mostra que é possível colocar a técnica a serviço da música, unindo as criações das escolas melódicas e pirotécnicas do rock. O disco é um exemplo de como mesclar boas composições, solos de guitarra bem colocados e muita atitude"
 (Rodolfo rocha/Revista Guitar Class 35 pag37) 

"Mello Junior é daqueles guitarristas que não se preocupam em esconder o virtuosismo. O disco "Plugged" é uma demonstração de técnica e musicalidade"(David Hepner/Revista Guitar Player n 32 pg 80) 

"Mello Junior apresenta uma maturidade estonteante, tanto no estilo e na timbragem de suas guitarras como em seus solos, que são colocados de maneira precisa, sem apelar para pontes específicas" (Régis Tadeu/Revista Cover Guitarra 47 pg66) 

“A experiência acumulada como sideman e a dedicação ao instrumento fazem de Mello Jr um nome a ser conhecido pelo restante do Brasil” (Gustavo Vitorino/Revista Backstage 122 pag 89)

“Mello Jr mudou muito seu estilo musical desde seu último trabalho solo, mostrando em Confusions um amadurecimento musical impressionante. Ao longo das dez faixas do CD ouvimos um instrumentista maduro e compenetrado na musicalidade do instrumento. As harmonias estão ricas e muito bem trabalhadas com melodias bem definidas, que buscam sempre o lado original. Espero que venham muitos shows desse Cd pelo Brasil, que representa o amadurecimento musical de um dos grandes guitarristas brasileiros dos anos 90. Parabéns Mello!” (André Martins/Revista Cover Guitarra 109 pag 67)