Roupa
nova

download_edited.jpg

A banda surgiu em agosto de 1980, devido a mudanças ocorridas após 1978 no grupo chamado Os Famks,[1] composta por Paulinho (percussão e vocal), Serginho Herval (bateria e vocal), Nando (baixo e vocal), Kiko (guitarra e vocal), Cleberson Horsth (teclados e vocal) e Ricardo Feghali (piano, teclados e vocal).

Neste mesmo ano, o Roupa Nova defendeu a canção "No Colo D'el Rey" no festival MPB Shell, gravando logo em seguida o primeiro álbum que já emplacou nas rádios grandes sucessos como Canção de Verão, Bem Simples, Sapato Velho e Roupa Nova, canção de Milton Nascimento e Fernando Brant que deu origem ao nome do grupo desde então.[20][nota 1]

Em 1982, a banda se consagra no cenário nacional com o lançamento do segundo disco da carreira, que trazia clássicos como Clarear, tema da novela Jogo da Vida,[21] da Rede Globo, Lumiar, Vira de Lado, Vôo Livre e Simplesmente que entrou para a trilha sonora da novela Paraíso.[22] No mesmo disco estava a canção Estado de Graça, incluída na trilha sonora nacional da novela Campeão, da TV Bandeirantes.[23]

O álbum seguinte, lançado em 1983,[24] impulsionou a carreira do Roupa Nova com o sucesso nacional da canção Anjo, trilha sonora da novela Guerra dos Sexos, da TV Globo,[25] ficando entre as dez canções mais tocadas nas rádios de todo o Brasil naquele ano.[26] Do mesmo disco, o Roupa Nova ainda emplacou a balada Sensual, que se tornou trilha sonora da novela Voltei Pra Você, da Rede Globo,[27] e O Direito de Nascer, do SBT, e ainda os hits Boa Viagem, Tudo Desarrumado e Fora do Ar.[28]

Em 1984, o Roupa Nova se mantêm nas paradas de sucesso com o lançamento do quarto álbum da carreira, que trazia entre outras, os hits Whisky a Go Go, Chuva de Prata, Tímida, Não Dá e Com Você Faz Sentido.[29]

No mesmo ano, o Roupa Nova grava um dueto com Gal Costa na música Chuva de Prata, obtendo sucesso nas rádios de todo o Brasil e cuja versão se tornaria tema da novela Um Sonho a Mais, da Rede Globo, exibida no ano seguinte. O hit Whisky a Go Go, inclusive foi tema de abertura da trama, o que comprovou o sucesso do grupo em trilhas sonoras.

No ano seguinte, 1985, o Roupa Nova viria a lançar aquele que seria o seu álbum mais bem sucedido, trazendo vários de seus grandes sucessos, tais como Dona, Seguindo no trem azul, Linda Demais, Sonho, Corações Psicodélicos e Show de rock'n roll.[30] O álbum alcançou a marca de 2,2 milhões de discos vendidos,[15][16] conquistando discos de ouro, platina, duplo de platina e alavancando de vez a carreira da banda, que a cada ano vinha se tornando mais popular.[31]

Em 1986, o hit Um Sonho A Dois, composição de Michael Sullivan e Paulo Massadas ganha as rádios de todo o Brasil nas vozes da cantora Joanna e do grupo Roupa Nova, se tornando tema da novela Corpo Santo, da Rede Manchete, no ano seguinte.[32][33]

O sexto álbum da banda, Herança, viria a ser lançado em 1987, e novamente um grande sucesso de vendas, ultrapassando a marca de um milhão de cópias vendidas.[34] Hits como Volta Pra Mim, A Força do Amor, Cristina e De Volta Pro Futuro tomaram conta das rádios de todo o Brasil e o Roupa Nova marcou presença nos principais programas de TV da época.[35] Do mesmo álbum, a canção Um Lugar no Mundo foi tema de abertura da novela Corpo Santo, da Rede Manchete.[36] Também se destacam as canções Sexo Frágil, tema do filme homônimo, Um Toque, tema do filme Romance da Empregada[37] e a faixa título, Herança, cantada em dueto com Fagner.

Em 1988, chega ao mercado o sétimo álbum da banda, intitulado Luz, sucesso de vendas embalado por grandes hits como Meu Universo É Você e Vício, que dominaram as paradas de sucesso e os programas de auditório. Este disco, assim como o anterior, é composto por canções autorais que contribuíram para solidificar a carreira e a personalidade da banda, merecendo destaque também as canções Filhos, em dueto com Trem da Alegria, Romântico Demais e Chama, que entrou para a trilha sonora da novela Que Rei Sou Eu, da Rede Globo.[38]

Em 1989, em dueto com José Augusto, o Roupa Nova grava Eu e Você, trilha sonora da novela Tieta, da Rede Globo.[39]